Técnica de esmagamento

Técnica de esmagamento

Preparação temporária

Existem várias técnicas para a realização de preparações temporárias. Em laboratório, nós usamos a técnica de montagem (considerada como complemento de outras) e a técnica de esmagamento.

De acordo com a sua duração, as preparações podem ser designadas como preparações temporárias ou definitivas. As preparações temporárias são aquelas cuja duração é curta e que permitem a observação de células no seu meio natural de vida, por exemplo: água salgada, soro fisiológico, água doce ou plasma sanguíneo. A sua curta duração explica-se pela possibilidade da ocorrência de evaporação do meio aquoso, acompanhada por decomposição e autólise da célula.

A constituição das preparações temporárias é a seguinte:

1. Lâmina de vidro, onde é colocado o objeto para posterior observação;

2. Lamínula de vidro, de espessura mais fina comparativamente à lâmina, colocada sobre o objeto a observar;

3. Meio de montagem: líquido (incolor ou não) que é colocado entra a lamínula e a lâmina e onde o qual deve estar imerso o material;

4. Objeto, que é o material biológico a ser observado no microscópio.

Técnica de montagem:

O objeto é colocado entre a lâmina preparada e a lamínula. Com a ajuda de uma agulha de dissecação, se necessário, deixa-se cair a lamínula lentamente.

Técnica de esmagamento

técnica de esmagamento 01

técnica de esmagamento 01

1. Corte as pontas da raiz da cebola.

técnica de esmagamento 02

técnica de esmagamento 02

2. Picar as raízes com um bisturi e colocar uma gota de corante na lâmina preparada.

técnica de esmagamento 03

técnica de esmagamento 03

A lâmina preparada é coberta com uma lamínula.

técnica de esmagamento 04

técnica de esmagamento 04

Os tecidos da amostra são esmagados pela pressão do polegar.

técnica de esmagamento 05

técnica de esmagamento 05

A amostra na lâmina está pronta para observação no microscópio.

O método de esmagamento é usado nos casos em que existe uma aderência fraca entre as células do tecido a observar. Para visualizar as células, basta colocar um pequeno fragmento do tecido entre a lâmina preparada e a lamínula e fazer uma pequena pressão com o polegar. Utilizamos este método de forma a obter uma melhor visualização das células, pois o esmagamento faz com que haja uma separação das células acompanhada pela formação de uma fina camada que é facilmente atravessada pela luz.

Esta entrada foi publicada em equipamentos de laboratório, Lâminas, Sem categoria, vidrarias de laboratorio e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Técnica de esmagamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *